Polícia Civil apreende mais de R$ 50 milhões em produtos falsificados

A Polícia Civil finalizou, na tarde desta sexta-feira (17), a “Operação Brás”, que terminou com três milhões de itens falsificados apreendidos. A ação, que durou quatro dias, teve como alvo um conjunto comercial de oito andares na rua Vautier, no centro da Capital.

Foram mais de 370 toneladas de produtos, com o valor total de R$ 50 milhões, sendo necessário 26 caminhões para o seu transporte. Pelo menos 200 pessoas serão investigadas pelo envolvimento em crime de pirataria.

Os trabalhos que resultaram na apreensão foram planejados e operacionalizados pela 1ª Delegacia de Investigações Sobre Propriedade Imaterial (Antipirataria), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Ao todo, participaram da ação 25 policiais civis.

Segundo o delegado Wagner Carrasco, titular da delegacia especializada, as apurações feitas até o momento devem desencadear outras operações como esta. “Estamos trabalhando em duas frentes. Ações em centros de venda de comércio popular e na outra ponta, onde esses produtos são fabricados.”

Ações como essa têm se tornado cada vez mais frequentes na região central da capital paulista. A prefeitura estima que, desde 2018, apreendeu mais de mil toneladas de material pirata ou sem nota fiscal.

https://jovempan.uol.com.br/noticias/brasil/policia-civil-apreende-mais-de-50-milhoes-em-produtos-falsificados.html#

---


Civil Police seizes more than R$ 50 million of counterfeit products


On Friday afternoon (17), the Civil Police finalized the  "Operation Brás", which ended with three million counterfeit items seized. The four-day raid targeted an eight-story commercial complex on Vautier Street in São Paulo downtown. 

There were more than 370 tons of products, with a total value of  R$ 50 million, requiring 26 trucks for transportation. At least 200 people will be investigated for involvement in counterfeiting. The work that resulted in the seizure was planned and operationalized by the 1st Investigation Department on Immaterial Property (Antipiracy), of the State Department of Criminal Investigations (Deic). In all, 25 civil police officers participated in the action.


According to the delegate Wagner Carrasco, the investigations made so far must trigger other operations like this. "We are working on two fronts. Sales in popular retail outlets and at the other end where these products are manufactured. "

Actions like this have become increasingly frequent in the central region of São Paulo. The City Hall estimates that since 2018 more than one thousand tons of counterfeit or without invoice material were seized. 

0 visualização

© Garé Advogados 2018 | All rights reserved