Polícia encontra fábrica clandestina de whisky falsificado em Campinas e prende homem em flagrante

Imóvel que fazia envase de garrafas fica no Jardim São Judas Tadeu. Suspeito preso tem 18 anos e confessou que vendia bebidas a R$ 40 para bares e festas da metrópole.



Um homem de 18 anos foi preso em flagrante na tarde desta segunda-feira (25) em uma fábrica clandestina de whisky falsificado em Campinas (SP). De acordo com a Polícia Civil, cerca de 30 litros de bebida estavam no imóvel, além de garrafas vazias, rótulos, caixas e selos.


A investigação foi conduzida pela Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da metrópole, uma continuação das apurações sobre casos similares - envolvendo marcas famosas comercializadas em redes sociais, adegas, mercados, bares, festas e boates a preço abaixo do mercado.

Desta vez, a fábrica encontrada fica na região do Jardim São Judas Tadeu, e o suspeito confessou aos policiais que falsificava e revendia as bebidas por R$ 40, com entrega em bares e festas.

"Um dos galões do whisky armazenado é um reutilizado de desinfetante de superfície - hipoclorito de sódio, o que mostrou total falta de higiene naquilo que fazem", disse a Polícia Civil. O homem foi preso por falsificação de produtos alimentícios (bebidas falsas), que prevê pena de quatro a oito anos de reclusão. Em seguida, foi encaminhado para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas (SP). Ele ficou à disposição da Justiça.



Fonte: https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2022/04/25/policia-encontra-fabrica-clandestina-de-whisky-falsificado-em-campinas-e-prende-homem-em-flagrante.ghtml

 

3 visualizações0 comentário